Escolha sua rádio favorita
Rádio on-line!
Sem estrada sem manutenção, motoristas correm risco na Serra Dona Francisca em SC
Geral | 10/10/2018 09:24 | NSC TV | Fotos: da redao

Local é uma importante ligação entre o Planalto Norte e o Litoral. Pela estrada passam mais de 8 mil veículos todos os dias. 

Acidentes escancaram riscos da Serra Dona Francisca; local nunca recebeu reformas 

Na Serra Dona Francisca, na SC-418, onde aconteceu o pior acidente de trânsito da história de Santa Catarina, em 2015, os motoristas atualmente são obrigados a conviver com o risco e com o descaso. O local é uma importante ligação entre o Planalto Norte e o Litoral. E caminhões transportam produtos que chegam ou vão para os portos. 

Pela estrada passam mais de 8 mil veículos todos os dias. No verão, o fluxo sobe para 12 mil. 

Outro problema grave é a falta de iluminação: nenhum poste instalado às margens da rodovia funciona há mais de um ano. Todo o cabeamento foi levado por bandidos. São 200 postes sem luz e muitos estragados ou destruídos. 

Há poucas semanas, três pessoas da mesma família morreram depois que o motorista perdeu a direção do carro. No começo do ano, um casal esperou 36 horas por resgate depois que o carro caiu numa ribanceira, porque a Serra não tem sinal de telefone. 

É a mesma serra onde 51 pessoas morreram com a queda de um ônibus na maior tragédia automobilística do estado, em 2015. De lá para cá, 81 pessoas perderam a vida. E só neste ano, foram registrados 294 acidentes - mais de um por dia. 

Em abril, entidades empresariais da região lançaram uma campanha cobrando melhorias do governo do estado, mas não foram ouvidas.

 “Até o momento em questão não foi tomada nenhuma ação de projeto de revitalização, de reforma em si da Serra. A gente não tem resultado nenhum efetivo, retorno do governo hoje em relação ao que vai ser feito”, disse Jonathan Roger Linzmeyer, da Associação Empresarial São Bento do Sul. 

O Departamento de Infraestrutura do Estado (Deinfra) diz que trabalhos de manutenção vêm sendo feitos, com roçadas e melhorias na sinalização, mas que não tem orçamento para fazer mais do que isso – situação que obriga motoristas a seguirem viagem levando o medo de carona. 

 

“Será que vamos esperar uma tragédia acontecer? Sem iluminação, sem sinalização, sem asfalto decente? É um perigo! A gente pensa nas vidas”, declarou Linzmeyer. 


 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
Publicidade
Rua José Gonçalves, 333 - Lucena - Itaiópolis - Santa Catarina - 89340-000 - 89340-000 - Fone/Fax: 3652.2279 - E-mail: comercial@cidade1380.am.br
Rádio 107.9 FM, Todos os Direitos Reservados.