Escolha sua rádio favorita
Rádio on-line!
Campanha de Outubro Rosa quer zerar fila de mamografias em Mafra
Geral | 16/10/2019 08:05 | Rio mafra mix | Fotos: Rio mafra mix

A campanha do Outubro Rosa vem sendo realizada desde o início do mês. O tema escolhido para a campanha é “Não conte com a sorte. É a prevenção que te deixa forte” e foi criada pela servidora Luciana Rochinski.

Zerando exames

Dentre as ações que vêm sendo realizadas, incluindo a conscientização e a importância do autocuidado, a Saúde de Mafra está mobilizando esforços para zerar as filas de exames relacionados à prevenção do câncer de mama e do colo do útero: mamografia, ultrassonografia das mamas e ultrassonografia transvaginal.

A mamografia é o principal exame por imagem para rastreamento do câncer de mama em fase inicial, que detecta pequenas lesões que muitas vezes não são identificadas no autoexame da mama. A recomendação do exame, pelo Ministério da Saúde, é a cada dois anos, dentro da faixa etária dos 50 aos 69 anos.

A ultrassonografia das mamas analisa os tecidos das mamas, detectando nódulos, lesões e possíveis tumores, sendo um exame complementar que não substitui a mamografia.

Já a ultrassonografia transvaginal analisa a estrutura dos órgãos reprodutivos femininos (ovários, útero e colo uterino), detectando possíveis alterações.

De acordo com a programação estipulada para a realização de cada exame, os profissionais estão entrando em contato com as pacientes, repassando todas as informações e orientações. Não existe a necessidade de deslocamento prévio até a unidade de saúde.

Cuidados

O câncer de mama é o segundo tipo mais frequente entre as mulheres brasileiras e representa em torno de 25% de todos os que afetam o sexo feminino.

Não existe uma causa única para a doença, mas alguns cuidados fazem parte da prevenção. Praticar atividades físicas e adotar uma alimentação saudável, buscando a manutenção do peso corporal adequado, são ações que estão associadas a um menor risco de desenvolver o câncer de mama, sendo que 30% dos casos podem ser evitados com a adoção de tais hábitos.

A amamentação também é considerada um fator protetor. Os dados são do Instituto Nacional do Câncer (INCA).

Com informações da Secretaria de Saúde de Mafra.

 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
Publicidade
Rua José Gonçalves, 333 - Lucena - Itaiópolis - Santa Catarina - 89340-000 - 89340-000 - Fone/Fax: 3652.2279 - E-mail: comercial@cidade1380.am.br
Rádio 107.9 FM, Todos os Direitos Reservados.